sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Desabafo - Plano de saúde

DESABAFO:

estou revoltada :( 
Quando meu filho nasceu há 3 anos e 8 meses atrás começou o dilema de encontrar um bom médico pediatra que pudesse nos passar confiança. Na maternidade uma semana depois voltei com meu bebê pois estava muito amarelinho e como ainda não tinha encontrado uma pediatra resolvemos correr pra lá mesmo até porque fomos orientados pelo próprio hospital que pudéssemos voltar por qualquer problema. Voltamos o hospital realizou testes e estava tudo bem com ele. O médico indicou uma consulta ao pediatra, porém não tinha visto isso ainda (mãe de primeira viagem mais perdida que outra coisa). Falei que não tinha pediatra ainda e que estava perdida ele então indicou o Hospital Brasil de Santo André. 
Logo fomos atrás de um plano de saúde que pudesse ser atendido no Hospital Brasil, contratamos uma corretora que na época havia indicado um plano da medial, para nossa surpresa ele não foi aceito nesse hospital e começou a briga, tudo bem logo achamos outro por indicação do próprio hospital na época.
Contratamos o convenio e finalmente fomos atendidos no Hospital Brasil (antes estávamos pagando as consultas a parte). 
Quando meu menino estava com uns 11 meses o médico que nos atendia deu um de louco e brigou comigo. Não gostei é claro não porque brigou, mas porque ele não tinha razão, ele me questionou porque ainda estava amamentando meu pequeno com LM entre outras coisas...
Encontrei uma médica no catalogo do plano e achava estar nas mãos certas até que minha pequena nasceu. 
Já com meu menino a médica atrasava umas 2 horas do horário marcado, tudo bem não acha isso ruim, mas depois percebi que as consultas passaram a ser delivery: Entra a tira a roupinha já tirando a roupinha ela passava um monte de informações e mal conseguia entender, era criança chorando de um lado e médica falando do outro. Mesmo assim fiquei com ela, até que minha pequena aos 5 meses foi internada com suspeita de Coqueluche e só eu sei o que passei com aquele toquinho de gente quase faltando ar e com muita tosse. Detalhe aderimos o plano de saúde para ela 13 dias após o nascimento e com 5 meses ela ainda não tinha autorização para ser internada por motivos de carência do plano, pagamos a parte a internação e todo o medicamento dado.
O médico que deu alta pediu para entrar em contato imediato com a pediatra para passar todo o acontecido e até mesmo para futuras orientações, no caminho para casa liguei no consultório expliquei o que aconteceu e de maneira alguma consegui uma consulta para a mesma semana :( ou seja fui atrás de outra pediatra.
Encontrei uma pediatra que finalmente estava gostando e era atendida com muita paciência e sempre passando os medicamentos baratos e que funcionava. Atendia com ou sem consulta marcada e estava indo tudo muito bem.

Até que tento marcar uma consulta e para minha surpresa não estão mais atendendo o plano dos meus pequenos. 
No final de 2013 recebi uma carta que também o plano não seria mais aceito nesse Hospital Brasil do qual sempre levava em casa de emergência.

Logo que recebemos a carta que não seriamos mais atendidos no Hospital Brasil fui atrás de outro plano, mas teríamos o problema de carência e por isso deixamos como estava, mas agora... só piorou.

E não é só questão de categoria de plano eles não estão atendendo mais o plano por inteiro :(

Resultado: estou cotando planos e quero só ver o que vai acontecer com as carências.

E confesso que pagamos um valor alto para esses tipos de atendimento. REVOLTADA!!!


0 comentários:

Postar um comentário